quarta-feira, 30 de novembro de 2016

"No passado dia 22 novembro, os alunos do 3.º A e o 3.º B, fizeram uma caminhada até ao Museu Municipal de Loures - Quinta do Conventinho e lá, realizaram uma visita guiada integrada na "exposição Loures" e participaram numa oficina "A apregoar é que a gente está bem”!! 
video
E assim, fizemos aprendizagens significativas...
Sabem que...
O Edifício, que visitámos, foi construído em 1573-75, nele se instalou o 13.º convento dos Franciscanos Arrábidos, chamado do Espírito Santo, sob o patrocínio de um Luís de Castro do Rio, fidalgo de Frielas. Em1646 o convento recebe de uma Maria de Castro e de seu marido Francisco Cirne da Silva 30 mil réis (juro que estes tinham na Alfândega de Lisboa). Esta maquia será investida pelo convento em profundas obras de remodelação, havendo então sido quase totalmente reedificado.
Em 1834, com a extinção das ordens religiosas, o convento e seus bens foram nacionalizados. Em 22 de Setembro o convento foi adquirido ao Estado por uma Theresa Bernardo de Jesus pela quantia de 621 mil réis, para logo em 18 de Agosto de 1838 ser vendido a um José Silveira por um conto e 100 mil réis. Em 1853 foi então a propriedade vendida a Costa Cabral, marquês e conde de Tomar, em nome da filha deste - Luiza Maria da Costa Cabral. Em 1925 comprou o sítio um José Bandeira, para logo em 1926 ser adquirida por um Alemão, ficando em nome da filha deste - Maria Josefa Vieira Gellweiler. O último proprietário privado do convento foi um Manuel Dias das Neves, que o comprou em 22 de Janeiro de 1980.
O convento foi adquirido em 1988 pela Câmara Municipal de Loures, aí se instalando o Museu Municipal em 26 de Julho de 1998.

No dia 29 de dezembro, o JI e o 1º ano foram visitar o Museu das Crianças situado no Jardim Zoológico. O 1º ano participou na atividade: Viagem ao "Corpo Humano". 
video

Sem comentários :

Enviar um comentário